CBRASB apresenta nova proposta para o Circuito Brasileiro

Publicado em 24 fevereiro 2015

Estrutura montada na Praia de Itacaré - Foto: Juan Chiarialo/ Porto Filmes

Rio de Janeiro (RJ) – 24 de fevereiro de 2015 – A Confederação Brasileira de Bodyboard – CBRASB – apresentou nessa semana a nova proposta para o Circuito Brasileiro de 2015. Com o objetivo de fomentar o esporte no país, a entidade decidiu propor um novo formato para as competições, dividindo em três possíveis níveis de eventos.

Desta forma, as federações e organizadores que não têm a possibilidade de realizar um evento Prime (R$40.000,00 de premiação), poderão realizar competições oficiais do calendário nacional e ajudar a desenvolver. Todos os eventos contarão com o staff e supervisão da CBRASB e respeitarão as categorias do circuito nacional: Sub-16 Masculino (nascidos em 1999), Open masculino, Profissional Masculino e Profissional Feminino.

As competições do circuito sempre estiveram muito concentradas no eixo sudeste, só que temos excelentes atletas espalhados por todo o país.  Nós queremos ajudar as Federações e organizadores a levar eventos homologados para suas regiões. Esse novo formato possibilita que regiões menos desenvolvidas consigam realizar eventos oficiais, pois o custo é muito menor. Um evento válido para o ranking nacional atrai atletas de outras cidades, gera interesse da mídia e ajuda a desenvolver o esporte na região”, disse Flavio Brito, diretor técnico da CBRASB.

Seguindo a nova proposta existem três possibilidades de competições oficiais:

Evento Regional

R$ 15.000 premiação
750 pontos no ranking CBRASB
Realizado em 2 ou 3 dias de evento.

 

Evento Nacional

R$ 25.000 premiação
1250 pontos no ranking CBRASB
3 dias de evento

 

Evento Prime

R$ 40.000 premiação
2000 pontos no ranking CBRASB
3 ou mais dias de evento

 

O esporte não atravessa uma fase boa, precisávamos dar uma sacodida no circuito para atrair mais eventos. O foco da CBRASB continua a ser realizar eventos com 40 mil reais em prêmios, pois entendemos que esse é a remuneração próxima da ideal para os atletas profissionais. Como as etapas Prime irão distribuir 2000 pontos, elas ainda serão as mais valorizadas numa disputa pelo título do circuito brasileiro”, completa Edmar Rezende, presidenta da CBRASB

Os eventos regionais e nacionais terão um quadro reduzido da CBRASB, onde a entidade trabalhará com árbitros e staff local. Dessa forma, além de movimentar as competições em novas praças, a entidade também atuará na formação e na evolução de novos profissionais.

Algumas regiões já começaram a se movimentar. Ceará, Rio de Janeiro e Santa Catarina poderão em breve anunciar seus eventos do circuito nacional CBRASB. “Temos ótimas perspectivas para 2015.”, encerra Edmar Rezende

 

Maiores informações sobre o circuito CBRASB poderão ser esclarecidas com:

Edmar Rezende (21) 99219-3038 / (22) 3323-1543 / edmarabbri@hotmail.com no site www.cbrasb.com.br ou nowww.facebook.com/cbrasbOficial